• Facebook
  • Instagram
  • YouTube

2021

ÃÇÃO AGÔ
 TIMBAÚVA CRIATIVA 

O projeto “Ação Agô - Timbaúva Criativa” é uma parceria entre a artista Mayura Matos e o Clube de Mães Maesol do Recanto do Sábia e tem como proposta realizar atividades de formação e ludicidade junto ao público de mães, adolescentes e crianças de bairros da Zona extremo norte da cidade de Porto Alegre a partir de valores civilizatórios afro-brasileiros. Estas atividades serão oferecidas para as comunidades da Vila Timbaúva e bairros próximos na Zona Norte da cidade de Porto Alegre/RS.

 

Nesta primeira edição o projeto será executado através do Edital Criação e Formação Diversidade das Culturas realizado com recursos da Lei Aldir Blanc nº 14.017/20.

Post+Logomarca.png
TIMBAÚVA - 02_edited.jpg

ATIVIDADES

 GRATUITAS 

Neste projeto o protagonismo é de pessoas pretas que em suas trajetórias fortalecem e retroalimentam nossos padrões de identidade e bem viver. pessoas que com seu axé e criatividade irão formar para geração de renda e sonhos.

 
2A279B5B-6408-4403-AE49-186CF3D6CB60_edited.jpg

OFICINA DE BORDADO CRIATIVO

com MITTI MENDONÇA

vídeo-aula nos dias 06, 07 e 08 de agosto de 2021

A oficina será divida em três ciclos: Pontos Básicos de Bordado Livre, Bordando Camiseta Infantil e Palavra Bordada. As aulas virtuais serão ministradas pela artista têxtil Mitti Mendonça, criadora do selo Mão Negra, que visa fomentar a valorização do bordado no campo das artes visuais e o compartilhamento de saberes, oportunizando que mais mulheres empreendam usufruindo dessa técnica ancestral. 

 

Nesta jornada artesanal, a artista Mitti Mendonça propõe incentivar que as alunas vejam o bordado sob outras perspectivas,  tanto como ferramenta de trabalho e autonomia, quanto de força criativa e de expressão artística. Mitti compartilhará sobre sua trajetória como empreendedora neste setor, como ela elabora a precificação de um determinado produto, referências de artistas, aplicações, quais plataformas online as alunas podem vender seus produtos, como iniciar parcerias com lojas consignadas, como escolher seu nicho de atuação, embalagens, criação de uma marca e estratégias de divulgação e venda. Além disso, apresentará as narrativas contemporâneas do bordado, logo sua reverberação em exposições e mostras de arte - abrindo reflexão acerca da potencialidade do bordado como ferramenta artística e de voz para artistas mulheres. Com isso, objetiva criar uma zona de partilha de conhecimento e impulsionamento de práticas artísticas.

FOTO OFICINA BONECAS PRETAS - 01_edited.jpg

SEMENTE - Costura de Bonecas Pretas

com LILIANE MORAES

vídeo-aula nos dias 06, 07 e 08 de agosto de 2021

E se eu te disser que você pode fazer uma linda boneca negra que além de um presente único e especial, pode se tornar uma fonte de renda? Sim! E na oficina SEMENTE nós vamos te mostrar como.

 

A boneca que vamos confeccionar juntas é toda feita à mão. Não é necessário nenhum conhecimento em costura, apenas o desejo de dar vida a algo que pode mudar a história de uma criança. O trabalho com costura tem esse sentido, juntar pedacinhos de tecidos e de histórias.

 

Durante a Oficina SEMENTE cada participante fará sua própria boneca, costurando ponto a ponto enquanto dialogamos sobre a importância da representatividade no universo dos brinquedos e das brincadeiras e os impactos causados pela ausência delas.

POESIA E AMOR PRETO - FOTO 01_edited.jpg

POESIA E AMOR PRETO - Oficina de Escrita Criativa

com HERCULES MARQUES

vídeo-aula nos dias 06, 07 e 08 de agosto de 2021

A oficina "Poesia e Amor Preto" será dividida em três ciclos:

 

- Introdução ao amor preto e sua relação com o amor próprio

- Que o amor preto em mim transborde e inunde em ti

- Amor preto é para quem tem propósito

 

Esses ciclos são baseados nos capítulos do meu novo livro de poesia chamado "Amor Preto Cura", que tem como objetivo restaurar, nutrir e expandir o amor interior de cada pessoa preta.

A oficina visa provocar pensamento e expandir o diálogo sobre a nossa forma de amar entre nós, além de propor o amor preto como uma ferramenta capaz de potencializar nossa conexão com nós mesmos e nossos semelhantes. Durante esta jornada serão propostas atividades de escrita criativa, para que cada pessoa possa acessar seu amor interior e utilizar a poesia para transbordar, desabafar e se reconectar com o seu propósito. 

Histórias NegrasParaCriançasDeTodasAsCores_crédito_Afrovulto (35)_edited.jpg

HISTÓRIAS NEGRAS PARA CRIANÇAS DE TODAS AS CORES

com Dedy Ricardo

exibição nos dias 07 e 08 de agosto de 2021

A concepção de HISTÓRIAS NEGRAS PARA CRIANÇAS DE TODAS AS CORES  estrutura-se com o objetivo de viabilizar ao público infantil os temas que tangem a arte e a cultura negras e que comungam com realidade atual. O espetáculo, que teve estreia em 2016, utiliza a linguagem da contação de histórias para trazer à cena a cultura africana / afrobrasileira e oferecer aos espectadores outras histórias possíveis a partir das diversas e diferentes culturas que formam a população brasileira. Nesse sentido, a peça assume um papel fundamental no atual contexto social do país, no qual direitos sociais, civis e culturais estão sendo ceifados, contribuindo assim para o fortalecimento da luta contra injustiças, além de  colaborar com a ampliação de referenciais culturais e de ancestralidades diversas no desenvolvimento das crianças.

 

SINOPSE

HISTÓRIAS NEGRAS PARA CRIANÇAS DE TODAS AS CORES  explora a contação  de histórias infanto-juvenis  da cultura africana como ponto de partida para o acontecimento espetacular. A atriz traz para o presente memórias das suas ancestrais mais distantes, mais que vó, bisavó, tataravó.  Conta a história da menina Suma, sua ancestral mais antiga, que se perde em uma floresta encantada em um lugar longínquo no norte da África. Perdida, ela encontra a casa do feiticeiro Obaio, temido em toda a África. O feiticeiro a aprisiona e para livrar-se dele Suma conta com uma ajuda inesperada. Nesta aventura ela constrói aprendizados que a tornarão forte e esperta o suficiente para alcançar a liberdade. O trabalho, através da performance da atriz Dedy Ricardo e da trilha sonora executada ao vivo pelo músico Ricardo Pavão, dá visibilidade a história gaúcha contada e protagonizada pela voz de uma mulher negra, propondo a ressignificação dos padrões históricos do Rio Grande do Sul.

 

 

FICHA TÉCNICA

Atuação: Dedy Ricardo
Dramaturgia: Dedy Ricardo e Júlia Ludwig (a partir da lenda africana Suma e o Feiticeiro)

Direção: Júlia Ludwig
Trilha sonora: Ricardo Pavão
Iluminação: Bruna Casali
Filmagem: Thiago Lazeri

Produção: Thiago Pirajira

Classificação: livre
Recomendação: 4 a 14 anos

Duração: 35 minutos