Morre o burro, fica o homem




Mataram a fome de fome Enterraram a sede com punhados de lama Comeram o tempo ignorando o paladar, vorazes, sem tempo. Mariana! Ouro é pra bacana, as Minas nem quer mais FHC vendeu o que Vale Estourou para você Agora a luta dele é só por liberar o THC Para os exploradores da terra HC Preventivo Sempre prevenidos Sempre livres, não absorventes, escorrendo pelas abas da justiça Absolvidos e novamente envolvidos, no futuro seus filhos Não importando quais são as cores, Collors, cifras , siglas , partidos voltarão à cena do crime com cestas básicas e ideias ácidas Uma equipe de filmagem que capte um sorriso E os corpos sem vida ? É uma fatalidade isso Daí, eu não sou coveiro, sou alcoviteiro do satanás.


Rezar é só o que eu consigo Rezei pelas famílias sem auxílio Emergencial a mais de quinhentos carnavais Três parcelas de seicentos para água, luz, alimentos Absurdo sustentar vagabundo! Reclama a moça loira no posto de combustível Verba gabinete 111.675,59 por mês para cada parlamentar, não é para lamentar? entrar em combustão espontânea? E a filha "solteira" do militar, praguejando contra militantes, com sua pensão de invejar, casar ou não casar , eis o dilema E o preço da gasolina já não cabe no poema.


Acabaram com a corrupção com corrupção Não diferenciam militar da reserva de capitão, juiz picareta de herói O cavalo dele não falava inglês, ele era o cavalo. Cavou a própria cova e foi desovado Descartado em rede nacional, até pelo jornal parcial . Me diz o que eu faço seu Gregório? Guerra? Acabaram com a violência matando a pouca paz que existia Preferem o fuzil ao remédio Fé na fake e no esquecimento Protegem a todo custo o demônio e seus rebentos.

Bate palma pros que salva na janela da cobertura Festinha com os amigos toda hora, máscara é frescura E a economia ? O comercio não pode parar,comunista não quer trabalhar! A vacina veio da China, mas furam a fila para se vacinar, só idolatram o mito e o próprio umbigo Panela só para a Dilma , hashtag #fechadocomoinimigo Palma, panela , apito, genocida é o grito Em outras épocas nada de Tramontina, só guilhotina.


O " todos são iguais" é consenso nos jornais O novo tucano tatuado no braço só aparece quando a temperatura esquenta . E a autocrítica ? Esquecem a familícia A única autocrítica que funcionou foi a de Getúlio Vargas Não aglomerem estupidez , não temos vagas Praias lotadas, praças lotadas, UTI's lotadas, SAMU a 200 por hora, toda hora Se não quiser acabar como Getúlio Fique em casa Se não puder, álcool gel, distanciamento social e máscara.


-- Quer um Rivo? -- Tô tri...prefiro uma vitrola . -- Qual vinil? -- Aquele do Jorge e do Gil. -- Ogum Xangô ! -- Demorô!


Bebemos jurubeba pelos tímpanos, tentando ficar tranquilos, esquecendo um pouco dos trezentos mil. O Brasil virou Chernobyl. Guardamos nossas máscaras, mascaramos nossas revoltas, engolindo pastilhas de " Para quando isso passar". Pasta burro , fora gado, fora bozo. A palavra não representa o inominável e seus seguidores . O burro e o gado não tem culpa nessa injusta comparação . Mas cheguei até aqui para falar do disco para vocês." Morre o burro, fica o homem", minha preferida, faixa seis.







O Selo Junte e surte é uma iniciativa do grupo fictício Literasurta. Leia, surte e quem sabe um dia , após juntar 60 selos, receba nossos brindes deprês. Kits de sobremesa, canecas, ventiladores ou alicates; não se sabe o que poderá ser. Então, meu jovem, não perca mais tempo! * Um jornal popular custa em média dois reais, só serve para ampliar o desmatamento e absorver urina de cães. Doe alguns centavos, talvez até reais e ajude a manter nosso surte e ganhe.O Selo Junte e surte é uma iniciativa do grupo fictício Literasurta. Leia, surte e quem sabe um dia , após juntar 60 selos, receba nossos brindes deprês. Kits de sobremesa, canecas, ventiladores ou alicates; não se sabe o que poderá ser. Então, meu jovem, não perca mais tempo!






3 visualizações0 comentário

BERTOLDO CULTURAL PROMOÇÃO DE EVENTOS LTDA.

CNPJ: 36.420.889/0001-03

Av. Farrapos, 331 - Porto Alegre, RS | 90220-004

E-mail: contato@bertoldocultural.com.br

Fone / Whatsapp: (51) 99341.1945

© 2021 por Bertoldo Cultural

  • YouTube - Bertoldo Cultural
  • Facebook - Bertoldo Cultural
  • Instagram - Bertoldo Cultural
  • LinkedIn - Bertoldo Cultural